BEBIDAS

AmBev multada em R$ 352 milhões pelo Cade



23.07.2009 - 10:27

O Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), em decisão unânime, aplicou multa de R$ 352,7 milhões à AmBev por práticas prejudiciais à concorrência no mercado de cerveja. Como a decisão teve unanimidade, a Companhia não poderá recorrer ao próprio Cade contra a multa. A AmBev pode entrar com recurso apenas na Justiça comum.

A produtora de bebidas informou que aguarda o conteúdo completo da decisão do Cade para tomar “medidas cabíveis”. A empresa afirmou também que entende que seu programa "Tô Contigo" não é baseado em exigência de fidelidade. Segundo a AmBev, a Secretaria de Direito Econômico (SDE), do Ministério da Justiça, havia solicitado mudanças no "Tô Contigo" para que ele não ferisse a concorrência. A Ambev diz já ter feito a maior parte desses ajustes.

As investigações sobre o programa de fidelização da AmBev começaram em 2004 após denúncia da Schincariol. A SDE concluiu o programa de fidelização "Tô Contigo", que oferecia descontos aos pontos-de-venda, exigia exclusividade destes para bebidas da Ambev. A SDE aponta que o programa teria potencial para "arrefecimento da concorrência, fechamento de mercado e elevação dos custos de rivais".