ALIMENTAÇÃO

Fundação Cargill apoia três projetos em SP



12.01.2018 - 03:02

A Fundação Cargill selecionou três projetos paulistas através do seu edital 2018. A Fundação busca promover a alimentação saudável, segura, sustentável e acessível. Os projetos eleitos são ligados à transformação social e geração de valor na cadeia da alimentação e receberão apoio financeiro e de gestão durante este ano.

O primeiro projeto é o Bota na Mesa, desenvolvido pela Fundação Getúlio Vargas, que visa incluir a agricultura familiar nas cadeias de alimento em grandes centros urbanos. Seus principais objetivos são mobilizar diversos atores da cadeia de alimentos para dialogar sobre principais desafios da inclusão da agricultura familiar; construir diretrizes de atuação em relação aos desafios priorizados; identificar soluções inovadoras para o sistema agroalimentar e conectá-los à rede do projeto; apoiar e disseminar a adoção das diretrizes construídas ao longo do projeto. Cerca de 200 pessoas deverão ser beneficiadas com a iniciativa. O projeto Fazenda Aquapônica Urbana, da Associação Reciclázaro, tem como meta a implementação de duas novas técnicas de produção de alimento em meio urbano com a utilização da aquaponia vertical e aeroponia, ou seja, combinação de peixes e plantas. Os 240 alunos da instituição receberão treinamentos sobre processos e expansão da técnica.

Outro projeto selecionado é o Sabores e Conexões, idealizado pela ONG Arrastão Movimento de Promoção Humana. A iniciativa irá capacitar jovens e adultos para a criação de negócios na área de alimentação, acessíveis às comunidades de baixa renda, usando ferramentas de negócio e tecnologia. 72 jovens e adultos aprenderão sobre as competências básicas na produção de alimentos saudáveis, dentro das diretrizes e normas vigentes, e competências interpessoais e de planejamento e gestão de micro negócios no segmento alimentos saudáveis. "Para a seleção, consideramos questões como o planejamento e gestão, o impacto e a relevância do projeto, seu poder de transformação, seu potencial de inovação e sustentabilidade, além de alinhamento entre o propósito e a missão da Fundação Cargill", explica Yuri Feres, diretor-presidente da Fundação Cargill.

O edital 2018 recebeu inscrições de 168 projetos de 141 instituições presentes em 14 estados brasileiros. Iniciativas de Barreiras, Chapecó, Goiânia, Itapira, Santarém e Santos também foram escolhidos pela possibilidade de seu impacto transformador na área de alimentação e o potencial para serem replicadas em outras localidades e instituições. Juntas, elas beneficiarão 2.288 pessoas.