EMBALAGENS

Bon o Bon ganha prêmio por ser ecológica



14.11.2013 - 02:30

A Arcor do Brasil recebeu o Prêmio Grandes Cases da Embalagem, promovido pela Revista Embalagem Marca, que visa incentivar e valorizar a busca da excelência nas embalagens brasileiras. Um júri técnico avaliou os benefícios que as embalagens proporcionam para a obtenção de resultados nas empresas, fornecedores, consumidores e ao meio ambiente.

O prêmio teve mais de 150 projetos inscritos, dos quais apenas 29 classificados. A marca Bon o Bon, lançada pela Arcor, este ano, no segmento de bombons avulsos, recebeu o prêmio nas categorias: redução de materiais, produtividade em linha, redução de custos, inovação, agregação de valor, design, impacto ambiental, desempenho no ponto de venda e conveniência. 

A embalagem de Bon o Bon é feita com 52% de fontes renováveis e reduz em cerca de 60% as emissões de gases de efeito estufa, se comparado a outros polímeros, como PET. Outro diferencial da embalagem foi a substituição do alumínio por Convergree, que utiliza o Biopolímero IngeoT - composição não  derivada do petróleo, mas de plantas, com 100% de fontes renováveis, que pode ser reciclado e biodegradado em condições de compostagem.

 

O processo de degradação da embalagem não gera metano em aterros sanitários, além disso, diminui em 50% o consumo de energia, contribuindo com o meio ambiente. Para Fabiano Mazza, Gerente de P&D da Arcor do Brasil, comenta que o lançamento no Brasil exigiu investimentos em tecnologias, expansão de fábricas e processo de inovação para a embalagem. "Participar do processo de implementação do produto no País foi gratificante e os resultados começam a aparecer. Além de ser um projeto desafiador, faz parte do pilar inovação presente no DNA da Arcor", finaliza Mazza.