FEIJÃO

VI Fórum Brasileiro acontece em Curitiba



30.05.2018 - 03:37

O VI Fórum Brasileiro do Feijão e Pulses será realizado entre os dias 6 e 8 de junho em Curitiba (PR) no Expo Unimed e irá debater temas como consumo, produção e comercialização. Nesta edição, o Fórum levará ao público discussões e cooperação em nível internacional para aumentar a consciência e a compreensão dos desafios e das oportunidades de toda cadeia produtiva.

O evento é realizado pelo Instituto Brasileiro do Feijão e dos Pulses (IBRAFE) e traz na edição 2018 painéis e palestras temas técnicos de grande interesse dos produtores, ministrados por especialistas da área. Estamos preparando um grande evento que envolve a cadeia produtiva que movimenta a economia e valoriza um dos principais alimentos consumidos no Brasil: o feijão. Além disso, outros pulses (lentilha, ervilha e grão-de-bico) também estão inseridos nesse contexto e nossa meta é de fato valorizar a cadeia e ampliar o debate sobre o fortalecimento dela”, afirma Marcelo Lüders, presidente do IBRAFE.

Segundo Lüders, a cadeia produtiva de feijão e pulses deve crescer 10% nos próximos cinco anos O IBRAFE informa que atualmente a área plantada de feijão no Brasil é de 3,2 milhões de hectares, com produtividade média (última safra) de 1.070 kg/ha. Outro objetivo é aumentar as vendas externas, que, em 2017, somaram 110 mil toneladas. A expectativa é triplicar este volume em cinco anos, chegando a 300 mil toneladas.

Em 2017, o Fórum Brasileiro do Feijão e Pulses, realizado na cidade de Campinas (SP), reuniu cerca de 500 pessoas e contou com mais de 18 palestrantes que levaram informação técnicas e mercadológicas de qualidade ao público presente e aos mais de dois mil expectadores on-line. Com mais de 20 estandes, a Feira de Negócios também movimentou o Fórum e proporcionou a interação entre produtores, pesquisadores, empacotadores e diversos envolvidos na cadeia, auxiliando no fechamento negócios e proporcionando várias parcerias.

“Hoje são consumidas, em média, 3 milhões de toneladas, e em cinco anos esperamos um aumento desse consumo em pelo menos 600 mil toneladas, somando aumento em exportações e aumento de consumo interno em 10%. O que respalda todo o investimento que os produtores têm feito, como o aumento de produção, investimento em tecnologia, incorporação de novas áreas. Também estamos atentos à demanda do mercado externo, pois nos últimos anos focamos em pesquisas e em abastecimento do mercado interno”, afirma o presidente do IBRAFE.

As inscrições para participação no Fórum podem ser feitas por meio do site: https://www.forumdofeijao.com.br/inscricao/. Acompanhe o VI Fórum Brasileiro do Feijão e Pulses também no Facebook: https://www.facebook.com/FORUMDOFEIJAO/

Foto : Marcelo Lüders, presidente do IBRAFE, durante o Fórum Brasileiro de Feijão e Pulses 2017