REFEIÇÕES FORA DO LAR

"Volto Sempre" é saída para restaurantes em SP



03.09.2015 - 04:53

A Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) divulgou dia 1º de setembro que o faturamento médio no setor de alimentação fora do lar caiu 8,39% no primeiro trimestre de 2015. O quadro pessoal foi reduzido em 4,5% no mesmo período. Para tentar contornar o momento ruim, as empresas tem investido na compra de ingredientes mais baratos, descontos em horários específicos e bolo no dia do aniversário do cliente. Estas são algumas das estratégias adotadas recentemente nos restaurantes de todo o país para minimizar os impactos da crise.

Em São Paulo , uma ferramenta que vem ajudando o setor é a “Volto Sempre”. Basta o consumidor realizar cadastro por meio do site www.voltosempre.com.br, e poderá acumular pontos ao comer nos restaurantes da rede e trocar por diversos prêmios, entre eletrodomésticos, produtos de beleza, informática, livros, DVDs, etc. São mais de mil prêmios. O Volto Sempre foi estruturado para que os clientes possam acumular pontos em rede e em uma única conta, mesmo que não coma no mesmo restaurante. "Em geral, as pessoas não se alimentam todos os dias no mesmo lugar. Eles gostam de variar o cardápio dentro de uma relação de restaurantes normalmente próximos ao seu trabalho. Entendemos esse comportamento e criamos uma solução dentro dessa realidade", conta o sócio-fundador da empresa, João Pinheiro.

Com três meses de existência o “Volto Sempre” espera fechar o ano com 500 restaurantes credenciados, alcançando a marca de meio milhão de consumidores finais cadastrados. O projeto recebeu R$ 3 milhões em investimentos. "Em um momento de crise, as pessoas vão gastar dinheiro onde conseguem mais retorno. Com o “Volto Sempre”, ela tem esse retorno. Almoçando 20 reais por dia durante seis meses, por exemplo, é possível resgatar um aquecedor. Mas se o indivíduo comer em um restaurante que não está credenciado, ele não ganha nada".

Por isso, Pinheiro acredita que o restaurante credenciado leva vantagem frente à concorrência, pois é mais atrativo para o consumidor, o dinheiro dele vale mais. "Do ponto de vista do restaurante, isso se converte em aumento da rentabilidade, faturamento, frequência e retenção de clientes. Portanto, a ferramenta apresenta vantagens para restaurantes e consumidores", constata.