CARNES

Wal-Mart descarta compra de carne da Amazônia



23.07.2009 - 10:21

No último dia 20 de julho, o Wal-Mart reafirmou sua posição em não adquirir carne proveniente de área desmatada na Amazônia. A rede de supermercados disse que manterá esta postura enquanto o setor não apresentar um sistema de rastreamento do produto.

Para André Muggiati, coordenador da campanha da Amazônia no Greenpeace Brasil, a nota mostra claramente a posição do Wal-Mart em defender o interesse de seus consumidores e da sociedade brasileira, que não querem compactuar com o desmatamento da Amazônia. "Esperamos que essa decisão seja adotada pelas demais redes de supermercados, como um claro recado ao agronegócio de que não há mais espaço para produtos que destroem o maior patrimônio brasileiro e causam mudanças climáticas."