BEBIDAS

FEMSA fecha intercâmbio estratégico por participação de 20% na Heineken



11.01.2010 - 06:56

A FEMSA, maior companhia de bebidas da América Latina, comunicou hoje que seu Conselho de Administração aprovou de forma unânime um acordo definitivo para a realização de operação estratégica com a Heineken, ao transformar as operações da FEMSA Cerveja em uma participação econômica de 20% de Heineken, uma das companhias cervejeiras líderes mundiais. O acordo estabelece que a FEMSA receberá 43.018.320 ações de Heineken Holding N.V. e 72.182.201 ações de Heineken N.V., das quais 29.172.502 ações serão atribuídas mediante um instrumento de entrega programada. Espera-se que as ações atribuídas sejam adquiridas por Heineken no mercado secundário e que sejam entregues à FEMSA durante um período que não exceda cinco anos. A Heineken também assumirá US$ 2,1 bilhões de dívidas, incluindo obrigações não especificadas, do plano de pensões de FEMSA Cerveja. A transação total está avaliada em aproximadamente US$ 7,347 bilhões, baseada no preço de fechamento de 8 de janeiro de 2010 de € 32,92 para Heineken N.V. e € 29,38 para Heineken Holding N.V., incluindo a dívida assumida.

José Antonio Fernández Carbajal, Presidente do Conselho de Administração e Diretor-Geral de FEMSA fará parte do Conselho de Administração de Heineken N.V. como vice-presidente. Além disso, Fernández assumirá como Presidente do recém formado Comitê das Américas e será membro do Conselho de Administração de Heineken Holding N.V. Outro integrante da administração de FEMSA tomará parte do Conselho de Administração de Heineken N.V.

"Ficamos entusiasmados com esta transação, que transforma as operações de FEMSA Cerveja em uma parte integral da plataforma mundial e de grande liderança de Heineken. No contexto da reconfiguração na indústria cervejeira global, a diversificação geográfica e a escala se tornaram mais importantes do que nunca para que esta operação responda a estas necessidades. A Heineken representa a oportunidade mais atrativa para transformar nosso ativo cervejeiro, nos permitindo perceber o valor significativo que temos construído ao longo da última década. A transação nos permite oferecer aos nossos acionistas a oportunidade de participar na criação de valor que esperamos que seja gerado ao integrar a FEMSA Cerveja em Heineken. Ao mesmo tempo, aumenta a flexibilidade operacional e financeira da FEMSA, nos permitindo focar nossa atenção e recursos nas oportunidades de crescimento de Coca-Cola FEMSA e OXXO", comentou Fernández.

A transação envolve as marcas da FEMSA Cerveja, como a Dos Equis, SOL e Tecate, com a plataforma global de distribuição de Heineken e seu portfólio de marcas premium, incluindo a Heineken, junto com Amstel, Birra Moretti e Cruzcampo.

Espera-se que a transação seja concluída durante o primeiro semestre de 2010 e está sujeita à aprovação das autoridades regulatórias correspondentes, assim como à aprovação dos acionistas de FEMSA, de Heineken N.V. e de Heineken Holding N.V.