ORGÂNICOS

Mercado americano de orgânicos se recupera e volta a crescer



16.03.2011 - 04:12

O Projeto Organics Brasil participou com duas empresas associadas – Native (açúcar) e Tribal (chá mate) - de mais uma edição da feira de produtos orgânicos e naturais Expo West, que aconteceu de 11 a 13 de março em Anaheim, Califórnia. A Surya, empresa de cosméticos também associada, participou com estande próprio.

O espaço do Brasil recebeu muitas empresas interessadas em produtos para ingredientes e cosméticos. “As três empresas – Native, Tribal e Surya – consolidaram as respectivas posições de comercialização na rede Whole Foods Market, a maior rede de orgânicos e naturais dos Estados Unidos. A Tribal em rede regional (Califórnia) e as outras em rede nacional, em mais de 300 lojas. Observamos que a tendência da indústria americana é a utilização da água de coco, ultrapassando o que ocorreu com o açaí nos anos anteriores, e a adoção da Stevia, como principal adoçante para os segmentos de produtos naturais e orgânicos”, observa Ming Liu, coordenador executivo do Projeto Organics Brasil.

O consulado brasileiro na Califórnia participou como parceiro estratégico do Projeto Organics Brasil durante a Expo West, feira que reuniu 3.535 expositores e recebeu 58 mil profissionais da cadeia de produtos orgânicos e naturais. Um mercado que movimentou 42 bilhões de dólares, segundo dados do Nutricional Business Journal, e apontou um crescimento entre 7 e 8% em 2010.

Ming Liu ressalta que o mercado americano está em franca recuperação interna: “Do total comercializado em produtos naturais e orgânicos, o setor de cosméticos e higiene pessoal correspondeu a pouco mais de US$ 8 bilhões e apontou aumento de 6%. Estes números, se comparados com os índices  Dow Jones, NASDAQ e NYSE, mostram que o setor está em pleno crescimento, superando a situação recessiva que o país atravessou”.