SUPERMERCADOS

Vendas dos supermercados crescem 4,2% em 2010



31.01.2011 - 04:01

As vendas acumuladas do setor supermercadista em 2010 cresceram 4,2% em relação à 2009, de acordo com o Índice Nacional de Vendas divulgado mensalmente pela Associação Brasileira de Supermercados (Abras). No mês de dezembro, a alta real foi de 3,16% em relação ao mesmo mês do ano anterior, e de 33,86% se comparada a novembro de 2010. Esses índices já foram deflacionados pelo IPCA do IBGE.

Em valores nominais, o Índice de Vendas da Abras apresentou crescimento acumulado de 9,46% em 2010. No mês de dezembro, a variação nominal foi de 9,25% em relação ao mesmo mês do ano anterior, e de 34,71% em relação ao mês anterior.

"O aumento de 33,86% em relação às vendas do mês anterior já era esperado, afinal, desembro conta com as vendas para as festas de final de ano. Odestaque fica por conta do acumulado do ano, de 4,2%, que integra uma série de quatro anos consecutivos de resultados positivos", avalia o presidente da Abras, Sussumi Honda.

Em 2010, o Abras Mercado, uma cesta com 35 produtos de largo consumo, analisada pela GfK, apresentou crescimento acumulado de 17,4%. Em comparação, o IPCA variou, no mesmo período, 5,91%. Em dezembro, o Abras Mercado apresentou alta de 2,19% em relação ao mês anterior. Em valores nominais, a cesta Abras Mercado passou de R$ 261,51 em dezembro de 2009 para R$ 307,04 em dezembro último.

No acumulado de 2010, os produtos com as maiores altas foram: feijão com 51,6%, carne traseiro com 34,9%, queijo mussarela com 34,3% e queijo prato com 32,8%. Já os produtos com as maiores quedas acumuladas em 2010 foram: cebola com -47,1%, batata com -19% e tomate com -13,6%