CAFÉS

Nespresso inaugura Centro de Produção na Suíça



11.09.2015 - 05:45

A Nestlé Nespresso anunciou, dia 10 de setembro, o seu novo Centro de Produção em Romont, na Suíça. Essa é a terceira fábrica no país para a produção de Nespresso desde 2002. As duas primeiras estão localizadas em Avenches e Orbe. O evento contou com a presença de Johann Schneider-Ammann, Conselheiro federal e chefe do Departamento Federal de Assuntos Econômicos, de Beat Vonlanthen, Conselheiro estadual e Ministro da Economia e do Emprego do Cantão de Friburgo e Roger Brodard, Prefeito de Romont. "Esse Centro de Produção representa um investimento estratégico de longo prazo para atender à crescente demanda global de consumidores pelos cafés Nespresso da mais alta qualidade nos próximos anos", afirmou Paul Bulcke, Diretor geral da Nestlé SA. "Ele contribuirá para o sucesso da Nespresso no crescente mercado de café em doses individuais e para o dinamismo social e econômico regional e nacional. Mais uma vez, fica comprovada nossa afinidade com nossa terra natal, com a qual compartilhamos valores como excelência e inovação."

O Centro de Romont foi construído em pouco mais de dois anos e representa um investimento total de 300 milhões de francos suíços. Desde a primeira fábrica, a Nespresso já investiu montante superior a 1,1 bilhão de francos suíços em suas instalações industriais nos cantões de Vaud e Friburgo.

Além das cápsulas clássicas de Nespresso, essa fábrica também produzirá os 14 Grands Crus da VertuoLine, uma máquina com tecnologia de extração revolucionária que foi lançada com sucesso em março de 2014 nos Estados Unidos e no Canadá. Essa máquina foi desenvolvida para atender às preferências norte-americanas por cafés em copos grandes. "Com a produção das cápsulas da VertuoLine, Romont dará suporte às nossas ambições de crescimento significativas na América do Norte. Orientado à inovação, o setor de café em doses individuais, que representa mais de US$ 5 bilhões, tem um crescimento sólido na região. Com a VertuoLine, temos o produto certo para atender a essa crescente demanda", afirmou Jean-Marc Duvoisin, diretor geral da Nestlé Nespresso SA.

A nova instalação criou 125 novos empregos diretos para pessoas qualificadas, o que elevou o número total de funcionários da Nespresso na Suíça para mais de 2.300. Mais de 25 empresas locais participaram da construção dessa fábrica, que representou 60% do orçamento total. "A decisão da Nespresso de construir sua nova fábrica em Romont é uma bela recompensa pelo esforço do país como um todo. Isso também nos estimula em nossos esforços para continuar a promover os pontos fortes da Suíça como um local de fabricação e para impulsionar a criação de empregos", afirmou Johann Schneider-Ammann, conselheiro federal e chefe do Departamento Federal de Assuntos Econômicos. "A inauguração desse novo centro de excelência da Nespresso é um momento de alegria e orgulho, que os cidadãos de Friburgo podem comemorar com intensidade. Isso confirma que Friburgo é um local economicamente atraente para empresas industriais internacionais", afirmou Beat Vonlanthen, conselheiro estadual e Ministro da Economia e do Emprego do Cantão de Friburgo.

"A chegada da Nespresso trouxe confiança à nossa região em relação ao seu futuro econômico", afirmou Roger Brodard, prefeito de Romont.

O Centro de Produção da Nespresso em Romont também é o primeiro a contar com a certificação LEED® Gold (Leadership in Energy and Environmental Design – Liderança em energia e design ambiental). Essa certificação engloba a eficiência em energia e água de uma instalação industrial, além de avaliar aspectos como a saúde e o bem-estar dos funcionários no local de trabalho e a infraestrutura para mobilidade ecológica.

Para obter a certificação a Nespresso utilizou 20% de materiais de construção reciclados e reduziu em 18% o consumo de energia da fábrica, graças à recuperação do calor das torrefadoras, vidros triplos e o uso de iluminação de LED. A certificação amplia os compromissos de sustentabilidade da Nespresso e faz parte de sua estratégia global de sustentabilidade, The Positive Cup.