PESCADOS

GeneSeas e DellMare anunciam fusão



18.11.2016 - 04:11

Controlada pelo fundo Aqua Capital e detentora da marca Saint Peters, a GeneSeas – que produz, processa e distribui tilápia - anunciou fusão com a DellMare Pescados, distribuidora de camarão. A união é vista como uma solução completa em fornecimento de pescados ao varejo e ao segmento de food service. As marcas serão mantidas, com ampliação do portfólio de produtos, e a matriz ficará sediada em São Paulo, capital.

Breno Davis, CEO da GeneSeas, disse que as duas companhias são reconhecidas pela qualidade dos produtos, além de possuir valores similares. “Teremos um portfólio de produtos mais completo com presença e distribuição nacional. A empresa combinada contará com 600 funcionários diretos, atendendo mais de 2,5 mil clientes, e também permitirá ampliarmos os investimentos na expansão dos negócios”, afirma Davis. A joint venture processará 12 mil toneladas de tilápia e 3 mil toneladas de camarão por ano. “Acreditamos no fortalecimento do negócio, pois nossos clientes poderão comprar mais produtos do mesmo fornecedor. Teremos capacidade de oferecer mais serviços aos estabelecimentos que atendemos, com mais espécies disponíveis, além de diferentes apresentações de pescados em mais de 200 SKUs”, afirmou Fabrício Ribeiro, sócio fundador da DellMare.

O executivo da Dellmare será o responsável pelo relacionamento com os principais clientes. O sócio fundador da GeneSeas, Tito Livio Capobianco, explica que a empresa dedica-se à tilápia há 15 anos. “Este é o primeiro movimento de consolidação dentro de um mercado muito pulverizado. Por ter um volume de consumo muito alto, o camarão sempre esteve em nosso radar para as oportunidades de expansão. Temos relacionamento com a DellMare há bastante tempo, mas somente no ultimo ano decidimos iniciar as discussões para esta união.”, explica.

Segundo dados do IBGE, a tilápia representa 45,4% da produção nacional de pescados, e registrou crescimento de 9,7% em 2015. Já o camarão somou 7,4% de expansão no mesmo período. Nos últimos anos, a tilápia é a proteína animal com maior expansão no consumo no Brasil.